Como ter sucesso na advocacia? Confira meu guia definitivo!

Postado em por Rodrigo Padilha.

Todo o advogado em início de carreira tem objetivos profissionais que sonha alcançar. Afinal, todos nós queremos, de uma forma ou de outra, ser bem-sucedidos e traçar uma trajetória exitosa.

São diversos os aspectos e atributos necessários para atingir esse objetivo e, mesmo que o conceito de sucesso varie de pessoa para pessoa, existem algumas dicas e alguns bons hábitos que podem te ajudar a alcançar as suas metas e a traçar um caminho firme rumo ao sucesso na advocacia.

Confira alguns deles:

1. Planeje-se

De uma maneira geral, advogados têm uma rotina atarefada. Sempre foi assim e são poucas as exceções a essa regra – e não é prudente ignorá-la.

Sendo assim, planeje tudo: organize sua agenda, estude o que dizer nas audiências, pense qual estratégia seguir em cada processo, estipule com antecedência o valor de uma causa, etc.

Por meio de uma planejamento bem feito e detalhado, o advogado se mune de ferramentas que proporcionam muito mais rapidez e eficácia para lidar com situações rotineiras e também com quaisquer surpresas que podem surgir.

Quem planeja seus próximos passos está preparado para o que vier, sabe dos riscos que enfrentará ao longo do caminho e minimiza as chances de algo dar errado.

2. Invista em marketing jurídico

O marketing jurídico é a ferramenta ideal para advogados que querem fortalecer a sua imagem e se posicionar no mercado por meio de estratégias de comunicação focadas no ambiente digital.

A ideia é manter um canal aberto com os clientes, com o objetivo de atrair novos e fidelizar aqueles que já utilizam seus serviços. Tudo isso por meio da construção de uma relação de confiabilidade e credibilidade, com respeito às restrições éticas da profissão.

Desse modo, o marketing jurídico não permite apenas que você conquiste novos clientes, mas também proporciona que você atraia as pessoas certas para o seu nicho de negócio, tornando sua atuação muito mais efetiva e, quase sempre, resultando em maior lucratividade.

3. Estude

Se é verdade que a advocacia está a cada dia mais competitiva e sofisticada, também é verdade que há uma carência enorme de bons profissionais no mercado. E para fazer parte desse grupo só há uma saída: estudar.

Busque aprofundar e ampliar seus horizontes. Estude profundamente os diferentes assuntos com que você lida na sua rotina. Quanto mais coisas você sabe, mais facilmente conseguirá aplicar seus conhecimentos no dia a dia, tornando-se um profissional melhor e mais capacitado.

Mas estudar também significa se atualizar. A área do Direito é muito dinâmica e apresenta mudanças quase que diariamente. Novas legislações são aprovadas e modificadas todos os dias e é obrigação do advogado estar por dentro do que acontece na sua área de atuação – até mesmo para evitar problemas e situações constrangedoras por falta de conhecimento.

Outro ponto que quero ressaltar é a importância de estudar novas línguas, especialmente o inglês. Vivemos em um mundo globalizado e conectado. Empresas e profissionais de todo o planeta vêm para o Brasil em busca de novos negócios, assim como muitas companhias brasileiras estão se internacionalizando.

Todo esse cenário implica em mudanças drásticas na área do Direito. Boa parte das transações dessas empresas são feitas na língua inglesa, sem falar dos termos estrangeiros que invadem nosso vocabulário profissional dia após dia.

Ser fluente no inglês é, hoje, uma ferramenta de trabalho a mais, tão importante quanto seus conhecimentos sobre Direito. Dominar o idioma deixou de ser um diferencial e se tornou algo imprescindível para o profissional que quer se destacar no mercado e ter sucesso na advocacia.

4. Especialize-se

Com o avanço da tecnologia, surgem novos mercados e novas demandas. São setores com um grande potencial de expansão, mas que ainda carecem de conhecimento e que necessitam de profissionais capacitados para lidar com as questões específicas que regem essas áreas.

Como exemplos posso citar: Direito Penal Digital, Direito Bancário com Tecnologia, Direito Desportivo, Direito de Petróleo e Gás, entre outros.

O advogado que consegue enxergar tendências como essas tem um caminho aberto para, através de uma especialização, ser pioneiro e despontar no mercado como referência, conquistando uma demanda latente e fugindo de outros campos de atuação já saturados.

5. Tenha profissionais bem sucedidos como referência

Como em qualquer profissão, um bom caminho para ter sucesso na advocacia é buscar profissionais bem-sucedidos em quem se espelhar.

Falo de pessoas experientes, que percorreram uma longa trajetória para chegar no lugar em que estão hoje e que, com isso, têm muito a nos ensinar – seja através de seus erros, para que não os repitamos, seja através de seus acertos e conselhos.

Por isso, pense naquele advogado que você admira e procure conhecer mais sobre sua trajetória. Se tiver a chance de conhecê-lo, aproveite para trocar experiências e absorver o máximo de conhecimento possível. Inspire-se!

E, aproveitando o assunto, não deixe de assistir à MasterClass gratuita de Empreendedorismo Jurídico que eu preparei para você – que irá lhe ajudar a entender alguns pontos cruciais sobre o seu escritório (que você não aprendeu na faculdade), como marketing jurídico, negociação de honorários e reprogramação mental. Nos vemos por lá!

Rodrigo Padilha

O Professor Rodrigo Padilha é pioneiro e fundador do Empreendedorismo Jurídico e do Programa Maverick no Brasil, além de fundador da Legião, que é uma das maiores turmas de 2ª fase da OAB no país. Atualmente coordena diversos negócios no Brasil e nos EUA e se dedica a ensinar advogados e outros profissionais a atingirem o sucesso através do empreendedorismo.