Como ganhar dinheiro com fotografia: confira o guia completo!

Postado em por Rodrigo Padilha.

Quem começa uma carreira na fotografia sabe da dificuldade que existe em se firmar no mercado e decidir qual é o melhor caminho a seguir para, de fato, ganhar dinheiro com a profissão.

Embora muitos optem por essa carreira movidos pela paixão pelas imagens, a verdade é que ganhar dinheiro com fotografia pode ser um caminho bastante desafiador, em que parece sempre surgir a mesma dúvida: por onde começar?

Pensando nisso, criei esse guia com algumas dicas que podem ajudar você a encontrar sua vocação e ser bem sucedido na profissão que escolheu. Vamos lá?

Como definir a área de atuação?

Pode parecer óbvio, mas é importante bater nesta tecla: antes de dar qualquer outro passo, é preciso determinar em que área da fotografia você pretende atuar. O mercado é extremamente aberto, oferecendo diferentes opções, variando do ensaio de recém-nascidos às fotos de natureza.

Porém, para que essa decisão seja bem feita, é preciso muito planejamento e estudo. Pense: se a região em que você atua está repleta de estúdios especializados em formaturas e casamentos, será que vale a pena investir nesse segmento?

Claro, essa decisão não precisa ser algo definitivo; é possível se reinventar e encarar novos desafios a qualquer momento. Mas, para isso, é importante conhecer as opções à sua disposição, tendo mais claro o que deve ser feito para chegar aonde você deseja.

Existem alguns nichos que estão em alta no mercado, bem como aqueles que nunca saem de moda. Sendo assim, separei algumas ideias para você considerar:

  • Newborn ou recém-nascidos
  • Casais, gestantes e famílias
  • Pets
  • Arquitetura e decoração
  • Eventos (formaturas, casamentos, aniversários, festas noturnas, eventos corporativos, entre outros)
  • Redes sociais
  • Moda
  • Gastronomia
  • Imóveis
  • Esporte
  • Viagens e natureza
  • Fotos aéreas e drones
  • Bancos de imagens
  • Fotojornalismo

Tenha em mente que, não importa a área escolhida, é fundamental estudar, se aprofundar e se especializar naquilo que pretende fazer, uma vez que cada um desses nichos tem suas próprias particularidades e exigem técnicas e cuidados diferentes na composição das fotografias.

E agora, como ganhar dinheiro com fotografia?

Uma vez definido o segmento em que você pretende atuar, existem algumas ações que  podem ser tomadas no início da sua carreira profissional que ajudam na criação de estratégias para atrair mais clientes e garantir um lugar de destaque no mercado. Vamos a elas:

Conheça seu público

Este tópico tem tudo a ver com que acabamos de tratar. Ao escolher um nicho de atuação, é preciso ir a fundo e conhecer o público com que você vai trabalhar. Para isso, estude e busque responder algumas perguntas-chave, tais como: quais tipos de fotografia essas pessoas estão buscando? Do que elas gostam? Quais são suas necessidades? Qual a faixa etária e de renda dessa clientela?

Responder a questionamentos como esses é primordial para que você possa direcionar suas estratégias de divulgação e comunicação de modo mais específico, além de oferecer um trabalho que satisfaça seus clientes e atenda às suas expectativas.

Monte um portfólio

Muito dificilmente alguém vai escolher um fotógrafo às cegas, sem conhecer o seu trabalho. Por isso, o portfólio é uma das ferramentas de atração e divulgação mais importantes para quem vive de cliques. Afinal, é por meio dele que o público vai conhecer o seu trabalho e saber um pouco do que você pode oferecer.

Por esse motivo, é recomendado criar um portfólio o quanto antes e disponibilizá-lo em seu site ou blog. Alimentar perfis nas principais redes sociais com seus trabalhos mais recentes também é uma estratégia importante.

Para quem está começando, a sugestão é pegar trabalhos variados, mesmo que seja atendendo alguns clientes a um custo mais baixo, para ter volume e variedade para montar um portfólio que exponha suas qualidades.

Faça networking

Como em muitas outras áreas, aumentar sua rede de contatos e trocar ideias com outros profissionais do ramo e potenciais clientes é primordial para gerar novas parcerias e aprendizados, além de fazer com que seu nome chegue de vez ao mercado.

Para isso, foque no seu networking e procure participar de palestras, encontros, cursos e outros eventos voltados para o setor ou, melhor ainda, para o nicho em que você decidiu atuar. Por fim, procure manter a relação com seus novos contatos ativa.

Invista em marketing digital

A internet se tornou a principal forma de atração de clientes e divulgação, e para profissionais autônomos e pequenos empresários ela é ainda mais importante.

Nesse sentido, o marketing digital traz uma série de estratégias – a um custo bem mais baixo do que alternativas mais convencionais – que são extremamente úteis para que o seu negócio possa se tornar mais rentável e para que o público conheça o seu trabalho e saiba um pouco mais sobre quem é o profissional por trás das lentes.

Para isso, algumas ações básicas como possuir um site ou um blog, manter um perfil atuante nas principais redes sociais (em especial, Facebook e Instagram) e no Google Meu Negócio são praticamente obrigatórias no mercado atual. Afinal, é por meio de ferramentas como essas que você poderá divulgar seus trabalhos, criar anúncios focados no seu público-alvo e se destacar no mercado.

Tenha espírito empreendedor

Como deu pra perceber até aqui, ganhar dinheiro com fotografia não é fácil, porém é perfeitamente possível. Para isso, é preciso dedicação, disciplina e, acima de tudo, espírito empreendedor.

Infelizmente, no Brasil, não somos incentivados nem ensinados a empreender. E isso é um problema. Quem se capacita e estuda para se tornar um verdadeiro empreendedor é capaz de administrar sua empresa de maneira sustentável, sem achismos ou surpresas. Além disso, também passa a contar com os conhecimentos necessários para ter uma visão mais ampla do seu negócio e do mercado e, assim, se adaptar e conseguir se destacar da concorrência.

Agora que você já sabe como como ganhar dinheiro com fotografia, não deixe de assistir ao minicurso gratuito de empreendedorismo que eu preparei para você entender como atrair clientes, estabelecer o preço de suas sessões e gerir seu fluxo de caixa. Continuamos o nosso papo por lá!

Rodrigo Padilha

O Professor Rodrigo Padilha é pioneiro e fundador do Empreendedorismo Jurídico e do Programa Maverick no Brasil, além de fundador da Legião, que é uma das maiores turmas de 2ª fase da OAB no país. Atualmente coordena diversos negócios no Brasil e nos EUA e se dedica a ensinar advogados e outros profissionais a atingirem o sucesso através do empreendedorismo.



Matrículas abertas!

Empreendedorismo
Jurídico