Quanto ganha um psicólogo no Brasil? Descubra!

Postado em por Rodrigo Padilha.

Antes de decidirmos qual carreira seguir, é fundamental estudarmos e entendermos todos os aspectos relevantes que a envolvem, como possíveis áreas de atuação, a saturação ou não do mercado e, é claro, os salários praticados.

Nesse sentido, uma das profissões mais procuradas nos últimos anos é a Psicologia. De fato, de acordo com dados do Censo da Educação Superior, somente entre 2012 e 2016, o número de estudantes que ingressaram em cursos de Psicologia no Brasil cresceu mais de 25%. Para se ter uma ideia, esse aumento é superior ao registrado em cursos tradicionais, como Direito, Engenharia e Administração.

Sendo assim, hoje separei algumas informações para quem deseja entender melhor essa profissão tão importante e as possibilidades que o mercado oferece.

O que faz um psicólogo

Psicólogo é o responsável por estudar, pesquisar e avaliar o comportamento humano e os processos mentais e sociais de pessoas, grupos e até mesmo instituições. A partir dos resultados obtidos por meio dessa avaliação, o profissional pode realizar uma análise detalhada, propondo os tratamentos e as orientações mais adequadas.

O psicólogo pode atuar tanto no ramo da pesquisa quanto na psicologia prática. A primeira diz respeito ao desenvolvimento de estudos para entender o funcionamento dos comportamentos, emoções e pensamentos.

A seguinte está relacionada à aplicação desse conhecimento nos processos ligados à saúde e relação humanas, podendo atuar em diversas áreas, desde o recrutamento e seleção de talentos junto ao setor de RH ao atendimento clínico em instituições públicas e privadas.

Atualmente, no entanto, a carreira tem se dinamizado cada vez mais e, hoje, o profissional da Psicologia pode atuar em áreas distintas, como administração hospitalar, consultorias, marketing e empresas de tecnologia, por exemplo.

Nesses casos, o psicólogo tem a oportunidade de desenvolver trabalhos extremamente atuais e alinhados com as novas tendências do mercado, como a interpretação de dados para a criação de produtos, estudo do comportamento do consumidor, melhoria dos processos de seleção, aprimoramento da comunicação interna, entre outros.

Para atuar legalmente no mercado, é preciso que o profissional tenha curso superior completo em Psicologia em uma instituição reconhecida pelo MEC. Além disso, uma vez formado, também é necessário o registro no Conselho Regional de Psicologia do estado em que trabalhará.

Quanto ganha um psicólogo

Hoje, a área de atuação para um psicólogo é bastante ampla e, assim sendo, o profissional recém-formado conta com inúmeras opções para especializar-se e direcionar sua carreira.

Por esse motivo, é importante deixar claro que os salários praticados no mercado costumam variar bastante, uma vez que a remuneração depende de fatores como área de atuação, empresa em que trabalha e região do país em que atua, bem como outros aspectos como formação, experiência profissional e reconhecimento no mercado.

Isso posto, o piso salarial dos psicólogos muda de estado para estado. Por exemplo: de acordo com a convenção coletiva de trabalho 2018/2019 do Sindicato dos Psicólogos do Estado de São Paulo e do Sindicato das Santas Casas de Misericórdia e Hospitais Filantrópicos do Estado de São Paulo, o piso da categoria corresponde a R$ 2.709. Já para o Sindicato dos Psicólogos de Santa Catarina, o mínimo praticado no estado deve ser de R$ 3.728.

Além disso, tramitam no Congresso nacional duas propostas legislativas com o intuito de definir a jornada de trabalho dos psicólogos em 30 horas semanais e elevar o piso salarial para R$ 4.800.

Vale destacar que, apesar da orientação dos sindicatos, existem empresas públicas e privadas que pagam valores inferiores aos recomendados por essas entidades. Nesse sentido, para termos uma noção mais precisa de quanto ganha um psicólogo, é preciso olharmos para os valores praticados pelo mercado.

Segundo o Guia de Profissões e Salários do site de empregos Catho, que agrega vagas anunciadas em todo o país, a média salarial nacional para o cargo de psicólogo é de R$ 2.327, sendo que as maiores remunerações encontram-se nos estados de São Paulo, Bahia e Rio de Janeiro, respectivamente.

Para buscarmos outro parâmetro, o portal Salário BR mostra que a remuneração para profissionais que atuam em empresas de pequeno porte pode variar, na média nacional, de R$ 1.846 para o cargo de trainee até R$ 4.508 para psicólogos master.

Profissionais da Psicologia altamente especializados, com mestrado, doutorado ou MBA, chegam a receber, em média, quase o dobro do salário quando comparados a um psicólogo que conta apenas com a graduação. Em empresas de grande porte, o profissional pode chegar a rendimentos que ultrapassam os R$ 10 mil mensais.

Para quem se interessa pelo setor público, costuma haver uma grande oferta de vagas temporárias e efetivas em diferentes órgãos estatais, sendo que a carga horária e a remuneração são definidos de acordo com o edital do concurso.

Por esse motivo, temos no Brasil salários que variam desde R$ 2 mil a até mais de R$ 10 mil. De uma maneira geral, os maiores rendimentos são oferecidos por órgãos federais de grande porte, como o Senado Federal e a ABIN, por exemplo.

Por fim, a Federação Nacional dos Psicólogos (Fenapsi) elaborou uma tabela em que estipula os valores mínimos e máximos que os psicólogos podem cobrar por cada serviço. Vale lembrar que a tabela serve apenas como referência para os honorários da categoria, podendo mudar conforme os mesmo fatores que citei há pouco – experiência, empresa, etc.

Exemplos:

  • Consulta Psicológica: de R$ 151,45 a R$ 259,65.
  • Orientação Vocacional: de R$ 151,45 a R$ 302,97.
  • Recrutamento e Seleção: de R$ 116,85 a R$ 302,97.
  • Orientação Psicopedagógica: de R$ 129,83 a R$ 389,48.

Possíveis áreas de atuação de um psicólogo

Confira algumas das possibilidades de atuação no mercado de trabalho:

Psicologia Clínica

Trata-se de uma das áreas que mais emprega psicólogos. Aqui, o profissional atua em diferentes contextos na área da saúde, atendendo pacientes e ajudando-os na elucidação de conflitos, no diagnóstico de possíveis distúrbios e na redução do sofrimento humano.

O salário de um psicólogo clínico varia de acordo com o valor cobrado por cada consulta, o número de clientes que consegue atender diariamente e o total de horas trabalhadas. Por esse motivo, este é um dos campos de atuação com maior potencial de ganho.

Psicologia Organizacional

Atua com foco no desenvolvimento organizacional das empresas, buscando garantir a qualidade dos processos produtivos e na saúde mental dos colaboradores.

Embora a remuneração não seja muito alta no começo de carreira, fatores como experiência de mercado, fluência em outros idiomas e especializações podem fazer com que o profissional consiga ganhos bastante expressivos.

Docência

Além de bacharel, o curso de Psicologia também pode ser concluído na modalidade de licenciatura, capacitando o profissão para atuar como professor de cursos superiores e também como pesquisador.

Para quem tem essa vocação, especializações são uma boa saída para incrementar o salário, especialmente no setor público. Sendo assim, um professor de universidade pública com doutorado pode ter um salário próximo aos R$ 10 mil.

Psicologia do Trânsito

O profissional atua com problemas relacionados ao trânsito e à circulação de pessoas, fazendo avaliação psicológica em condutores e futuros motoristas, além de desenvolver ações socioeducativas com motoristas, pedestres e infratores.

Nesta área, o psicólogo proprietário de um clínica regularizada junto aos órgãos de trânsito tem ótimas opções de ganho, uma vez que é comum que receba por cada teste realizado.

Agora que você quanto ganha um psicólogo no Brasil, não deixe de assistir ao mini-curso gratuito de empreendedorismo que eu preparei para você entender como atrair pacientes, estabelecer o preço de suas consultas e gerir seu fluxo de caixa. Continuamos o nosso papo por lá!

Rodrigo Padilha

O Professor Rodrigo Padilha é pioneiro e fundador do Empreendedorismo Jurídico e do Programa Maverick no Brasil, além de fundador da Legião, que é uma das maiores turmas de 2ª fase da OAB no país. Atualmente coordena diversos negócios no Brasil e nos EUA e se dedica a ensinar advogados e outros profissionais a atingirem o sucesso através do empreendedorismo.